quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Leituras

Lembro agora de quando tinha uns 13 ou 14 anos em Porto Alegre. Havia, creio que ainda há, ao lado da grande Biblioteca Pública, na esquina da rua General Câmara, uma Biblioteca Pública Infantil. Esse era um dos meus passeios prediletos. Ainda recordo das prateleiras cheias de livros que me pareciam encantadores.
Li quase todos eles. Eu praticamente devorava livros. Era permitido levá-los para casa por alguns dias. Havia coleções de livros infanto-juvenis de autores nacionais e estrangeiros. Na época, não havia tantos autores nacionais de infanto-juvenis. Li vários livros sobre crianças que viviam em outros países.
Também lembro da biblioteca do Instituto de Educação, colégio em que cursei o Ginásio (que corresponde hoje ao ensino fundamental entre a 5a. e a 8a. séries). Havia uma bibliotecária que me emprestava livros que só poderiam ser emprestados para as alunas do Curso Normal, e tinham sabor de fruto proibido. Evidentemente, não havia nada de tão proibitivo nessas leituras, mas à época eram destinados a alunos de mais de 15 anos.
Hoje, tenho lido mais livros teóricos, didáticos, sobre Pedagogia, sobre Psicologia...
Mas no final do ano passado, fiz uma pausa e li dois livros infanto-juvenis, um nacional  e um de autor estrangeiro.  Clique em "Paineiras"   e  "Irmãos Pretos" e leia as dicas sobre esses e outros livros. 

E você, o que tem lido?
Aproveite o espaço para comentários e me diga qual o último livro que leu e de que tema ele trata.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Desafio

Como você sabe, embora todos nós falemos Português, estudamos na escola o padrão culto da língua. Por isso, aprendemos as regras da gramática normativa, inclusive sobre pontuação.

No feriado, meu marido machucou o dedo por um problema de comunicação. Ele disse a um menino de 4 anos que estava jogando água em mim dentro do rio: "Não jogue nela, que ela não gosta. Jogue em mim."
Resultado: o menino pegou uma pedrinha do rio e jogou nele. Cortou dois dedos, que sangraram bastante, a mão está inchada até hoje. Só porque faltou o objeto direto, "água", o  menino achou que podia jogar qualquer coisa no meu esposo.

Assim é com o uso da vírgula. Qualquer erro, qualquer modificação, e teremos sentidos diferentes no enunciado. E podemos até dizer coisas que não queremos.

Tente pontuar nos comentários:

Trouxe para a escola desânimo não alegria vontade de vencer coragem jamais pessimismo e tristeza.

Veja também:
Pontuação

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Ellayne - 1º F , Gabriel - 1º G

Ellayne

Meu nome é Ellayne, tenho 17 anos, moro com minha mãe e meus irmãos.
Eu trabalho de manhã, estudo à tarde e faço cursos à noite de Recursos de Administração e Recursos Humanos.
Antes de vir estudar nesta escola, eu estudana no CEF 15 do Gama.Moro na Quadra 39 do Setor Leste.
Como podem ver, não tenho muito tempo para ficar zanzando por aí ou ficar em conversas paralelas.
Gosto de estudar principalmente Bio, Geo, História e Português.
Nas horas vagas, gosto de malhar e de ficar com os meus irmãos e, é claro, com meu namorado.

Ellayne, que bom que aproveita bem seu tempo, que é um dom de Deus.
Fiquei feliz porque gosta também de Português. Tenha um ótimo ano e um ótimo curso nesta escola. Beijos. Celina

Gabriel

Meu nome é Gabriel Ferreira S. de Paula, nasci no dia 04.07.1995 em Brasília, estudei no ano passado na Escola Municipal Cidade Jardins - EMCJ. Gosto de jogar futebol, de mexer na internet e de estudar.
Moro com meu pai e meu irmão mais novo. Sou negro, tenho um 1 metro e 70 centímetros de altura, olhos castanhos claros e cabelos pretos.

Gabriel, você também gosta de estudar, além de curtir seus passatempos. Isso é muito bom. Feliz 2010 nesta escola. Celina

                                                    Corredor e pátio interno do CEM 3

Veja também:

Boas-vindas

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Apresentação - André e Alex

André - turma I

Prazer, meu nome é André, tenho 16 anos, moro com meus pais na cidade de Novo Gama.
Eu reprovei aqui, e aqui estou novamente com novas expectativas para este ano.
Nasci na cidade de Taguatinga, hoje sou professor de música, dou aula de canto, violão e bateria. gosto do rock gospel, pois sou evangélico, sou líder de louvor. Meu ministério, ou, se preferir, minha banda se chama "Ministério Filhos de Davi".
Gosto muito de participar de tudo em que sou bem-vindo, amo fazer teatro e música, pois minha maior paixão é a música.


Muito prazer, André, mais um colega músico.
Celina



Alex - Turma H

O Alex respondeu à entrevista que foi feita por mim, professora Celina, e veremos por quê:

Alex mora no Pedregal, bairro de Novo Gama, Goiás. Estudou na nossa escola apenas um bimestre no ano passado e afastou-se por alguns problemas pessoais.
Está retornando à escola neste ano e, infelizmente, não poderá escrever nos próximos três meses, porque quebrou o dedo polegar direito no futebol.
Além de futebol, gosta de música, de instrumentos de cordas; gosta também de informática e de administração.
Prioriza a igreja e os valores religiosos.

Alex, boa recuperação para você. Continue priorizando os valores de Deus.
Celina

Veja também:

Boas-vindas

Apresentação - Vanessa e Gabriela

Vamos iniciar a apresentação de alguns colegas.


Vanessa Viana - Turma J


Meu nome é Vanessa, tenho 14 anos, nasci no Gama. Moro com minha mãe, meu padrasto e minha avó.
Sou uma pessoa alegre, um pouco tímida, gosto muito de ir à igreja, gosto de música em geral, canto na equipe de louvor da minha igreja e adoro isto.
Resumindo, gosto muito da minha vida.

Vanessa, continue a ser feliz e, você já sabe, também participo do louvor na minha igreja. Assim, sou sua colega levita, como algumas igrejas expressam.
Celina

Gabriela Costa dos Santos - Turma E

Meu nome é Gabriela, nasci aqui no Gama, moro no Céu Azul, com meus pais, estudei por cinco anos no Centro de Ensino Fundamental 11.
Gosto muito de sair, de ouvir música, de conversar com minhas amigas e também gosto muito de fazer novas amizades.
Sou uma pessoa de diferentes qualidades: sou carinhosa, sou engraçada, gosto de ver todos bem, de ajudar o próximo. Sou muito sincera e verdadeira com minhas amigas, respeito meus pais e amo a Deus acima de todas as coisas.

Parabéns por suas qualidades, Gabriela, principalmente por cultivar a verdade, a sinceridade e o amor à família e a Deus "acima de todas as coisas". Celina

Entrada do CEM3, com jardim
  

Veja também:

Boas-vindas

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Boas-vindas

Bem-vindos a esta Sala de Português .

Esta página é uma
extensão de nosso ambiente na escola.

Vamos conversar também aqui?

Para iniciar, gostaria que
você se apresentasse.





Escreva um ou dois parágrafos sobre você (onde nasceu, onde mora, de que escola veio, se gosta ou não de Português) como comentário nesta postagem.
Vou acrescentar ao blog também algumas das apresentações feitas por escrito em sala de aula.


Tenha um ótimo ano letivo!