quinta-feira, 18 de abril de 2019

Feliz Páscoa

Boa tarde!
Reproduzo aqui o post de 2013  a propósito da Páscoa.


Feliz Páscoa

Jesus ressuscitou!
Na Páscoa comemoramos a vitória de Cristo sobre a morte. É a festa da vida, e vida com Cristo. Que estejamos sempre com Ele!
O vídeo mostra a singela representação da morte e ressurreição apresentada por criancinhas. Sempre é bom relembrar.
Feliz Páscoa a todos vocês!



domingo, 14 de abril de 2019

Desenhos dos alunos



Pedi aos alunos que ilustrassem um poema:

 Minha rua

A rua é pequena,
meio torta!
O carro passa rápido,
as casas ficam quietas,
janelas nem piscam.

Ninguém joga bola na rua,
nem pular corda, esconde-esconde,
bicicleta, nem pensar.

Outro dia nasceu uma flor na calçada,
fiquei olhando até enjoar.
Depois a flor secou, esqueci.

Se o robô atravessasse a rua,
quem notaria? E, se a princesa
cantasse na esquina, quem ouviria?
Se o ET fizesse xixi no poste?

Às vezes, de manhã bem cedo
vem um bando de pasarinhos
na maior algazarra. Parece banda
de rock, anunciando o dia.


Os desenhos são uma forma de releitura do texto. Vejam os desenhos:


segunda-feira, 8 de abril de 2019

Final do primeiro bimestre

Chegando em abril e no final do bimestre, os alunos do 7º ano elaboraram um jornal, com as notícias da turma.
Retrataram as notícias da escola e do Brasil, apresentaram algumas propagandas de artigos escolares, mostraram itens do conteúdo aprendido nas disciplinas.
Veja os exemplares criados por dois grupos:



E aqui eu consolidei o jornalzinho de uma turma.


Já os alunos do 8º ano comemoraram o Dia da Água com murais em cada sala de aula.



 

domingo, 10 de março de 2019

Primeiro bimestre


Neste bimestre, temos como tema transversal a sustentabilidade, nas duas escolas em que leciono.
Em Língua Portuguesa, um dos textos lidos foi um relato de memória da autora Regina Horta Duarte.
Ela conta:
"Um marco decisivo da minha passagem da infância à adolescência foi a derrubada do jardim de minha casa, em 1977. Apesar de absorvida pelas inquietações da puberdade, assisti com tristeza às obras que meu pai empreendeu para construir uma garagem.
 O jardim tinha sido meu lugar preferido. Menina excessivamente tímida, utilizei-o como ponto estratégico de observação da rua e do mundo exterior. Em segurança, pratiquei ali o exercício da curiosidade. Explorei o mundo subterrâneo das minhocas e formigas, colecionei joaninhas para depois libertá-las e aguardei beija-flores. Investiguei folhas e sementes, secando-as para marcar as páginas prediletas dos livros de Monteiro Lobato. (...)"
Alguns alunos, além de ler o texto e responder a perguntas para compreensão, desenharam um jardim.
Além de ler esse texto, os alunos do 7º ano assistiram também ao filme "O jardim secreto", em que uma menina replanta, com a ajuda de um amigo, um jardim que estava fechado há muitos anos.
Dessa forma, observaram a história de dois jardins: um deles foi destruído, outro revitalizado.
Neste filme, observa-se também o companheirismo com um menino cadeirante, que, ao conhecer o jardim, aprende a andar, com a ajuda dos amigos.
Há aí uma ligação com a valorização da educação inclusiva, que é lembrada neste início de março aqui no DF.






quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Em nova escola mais uma vez

Mais uma vez, num dos expedientes dou aulas em uma nova escola e encontrei alunos gentis ali. Vejam acima o desenho com que me homenageou um deles no primeiro dia de aula, quando pedi para completarem a expresão "Este ano será um sucesso se ..."
Nesta semana, lemos um texto de memórias sobre um jardim que foi desfeito para dar lugar a uma garagem e assistimos ao filme que mostra como uma menina refez um jardim abandonado.
Estamos estudando o tema transfersal  "sustentabilidade" nas duas escolas em que leciono.
A propósito, estive fotografando o jardim de uma delas. Um jardim deixa mais alegre e agradável a escola.





quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Reinício



E aqui estamos nós de volta, alunos e professores, em mais um reinício de aulas.
No CEF 214 Sul, os professores, junto com o preparo do planejamento, confeccionaram murais para receber os alunos. Assim, a escola ficou mais colorida e acolhedora. 
O cartaz da área de linguagens, apresentou uma frase de boas-vindas em Libras e em Português, junto com mensagens sobre a educação e fotos da escola.
Além de apresentar as atividades que serão desenvolvidas e uma mensagem motivadora, pedi aos alunos no primeiro dia de aulas que completassem com um texto a expressão "Este ano será um sucesso se... " Alguns alunos escreveram belos textos e os leram. Um dos alunos, na nova escola em que também estou lecionando, desenhou a classe com a nova professora (eu) à frente. 
Esperamos um ano de muita aprendizagem e sucesso!







sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Encerramento das aulas - coral e chá literário


Aproximando-se o dia do encerramento das aulas. Hoje os pequenos alunos das séries iniciais apresentaram um coral escolar com músicas natalinas.
Logo inicia-se o período de revisão dos conteúdos estudados, depois haverá provas finais para alguns alunos e, enfim, férias.
Os meninos ficaram felizes em usar as boinas vermelhas ao estilo de Papai Noel e cantaram  com entusiasmo principalmente a música Natal das Crianças. Os professores, a direção e servidores acompanharam as apresentações.

Muita alegria também nas salas de aula, com lanches preparados pelas professoras e alguns presentes para os alunos.
No dia 5, quarta-feira desta semana, as séries finais já haviam apresentado, por ocasião da proximidade do encerramento do ano letivo, a Feira Cultural, como culminância das atividades do ano. As turmas pesquisaram e apresentaram trabalhos sobre diferentes assuntos, como personagens literários de autores brasileiros e outros, vocabulário de origem africana, alimentos saudáveis, reciclagem, polinização. Deviam ornamentar as salas, apresentar os trabalhos e organizar novamente as salas em um tempo determinado.
A turma sob minha responsabilidade apresentou um Chá literário com Alice, em que a personagem Alice, de Alice no país das maravilhas, recebia personagens de autores brasileiros para um chá. Cada professor assentou-se à mesa e apreciou o trabalho, em que as personagens representadas por alunos se apresentavam. Como a turma tem alguns alunos um tanto agitados, alguns professores se emocionaram ao vê-los muito atentos e compenetrados nesse dia.
Enfim, foi uma semana alegre com as apresentações dos alunos orientados por seus professores no CEF 1 do Planalto. Fiquei feliz em saber que continuarei lecionando lá no turno vespertino no próximo ano.

   Capitu e Bentinho
 Ceci e Peri
Alice
Os capitães da Areia e o Capitão Rodrigo
Clara dos Anjos, Tieta, Gabriela, Lucíola
 D. Flor e seus dois maridos, Madame Bovary (uma invasora entre as personagens brasileiras)
 A visita das professoras