quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Entrevista com Yngrid

A Yngrid foi minha aluna, excelente aluna, no primeiro ano do ensino médio. Continuei sempre conversando eventualmente com ela e soube que agora está cursando uma faculdade na própria cidade do Gama. Pedi para entrevistá-la e aqui vai a entrevista final desta série.
 SPort: Como é seu nome e quando estudou em nossa escola?

Yngrid: Meu nome é Yngrid, estudei com a professora Celina em 2007.
(Yngrid concluiu o ensino médio em 2009.)
SPort: Que curso você faz agora?
Yngrid: Hoje faço faculdade de biologia.
SPort: Está apreciando o curso? Por quê?
Yngrid: Gosto muito do curso que faço, graças ao incentivo que recebi dos meus professores de ensino médio.
SPort: Está tendo facilidade em seguir esse curso? Que principal dificuldade você encontra?
Yngrid: Bom. A dificuldade é grande, aliás a vida não é fácil.A minha dificuldade é pelo simples fato de ter que trabalhar e estudar, pois a faculdade exige muito de mim, porém o sonho que tenho em me formar em bióloga é muito maior do que qualquer dificuldade que eu passo e que eu possa vir a passar nos semestres que ainda faltam, mas lutar pelos meu objetivos foi algo que aprendi com os meus professores.
SPort:  Está participando de atividades agradáveis na Faculdade?
Yngrid: Participo de alguns projetos para a conservação do meio ambiente.
SPort:  Que planos você tem para o futuro?
Yngrid: Os meus planos é de me formar, passar em um concurso publico, fazer pós em citologia e histologia e atuar como professora em escolas de ensino médio e universidades...




Parabéns, mais uma vez, Yngrid. Siga em frente, lutando por seus objetivos.

domingo, 17 de outubro de 2010

Nova entrevista

A Gerssyk (escrito assim mesmo) foi minha aluna no primeiro ano do ensino médio e continuei a conversar  com ela nos dois anos seguintes, em que estudou no turno da manhã.
Prosseguindo com a série de entrevistas sobre ex-alunos do CEM 3, aqui vai a entrevista com Gerssyk.

SPort: Qual seu nome e em que anos você estudou no CEM3?

Gerssyk: Meu nome é Gerssyk Souza.Estudei no CEM 03 nos anos de 2007,2008 e 2009.


SPort: Gostava da escola, por quê? Que melhores recordações tem de lá?
Gerssyk:Eu não gostava não.EU AMAVA huashuas.Era amiga de quase todo mundo,gostava muito do grupo de professores e a escola em si também era muito acolhedora.


SPort: De que local mais gostava, na escola?
Gerssyk:De um cantinho atrás do antigo banheiro das servidoras,próximo de onde o pega-leve foi enterrado.Ahh tambéém onde ficava aquela arvore gigante que cortaram.=/


SPort: De que atividades de que participou lá mais gostou?
Gerssyk:Sempre gostei de participar de eventos de esportes, joguei na olimgama em 2009.Mas também sempre gostei da Semana da Consciência Negra.Era muito legaal!


SPort: Em que setor você está trabalhando agora?
Gerssyk: Hoje trabalho em uma empresa de Call Center.Chamada DEDIC GPTI.Bem legal lá.


SPort: Está estudando? Quais seus planos para o futuro?
Gerssyk: No momento não estou estudando.Fiz a prova do ENEM ano passado e até consegui algumas vagas,mas por preguiça não fui.Mas no início do ano que vem pretendo começar o curso de direito.




Gerssyk, obrigada pela entrevista, parabéns por seu emprego no Call Center e que seus propósitos para o próximo ano se cumpram.

Gerssyk, à esquerda, com o prof. Elias e a Pricilla, que foi colega de turma no 1º ano





sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Um museu diferente

Geralmente achamos que museus são lugares que mostram coisas antigas. Eu também achava isso. Mas nesta semana estive visitando um museu que mostra coisas diferentes: milhares de atrações referentes a experimentos de física, matemática, amostras geográficas e de ciências naturais.
A entrada lembra a de um shopping, o estacionamento coberto tem acesso igual ao de um shopping. O prédio também é moderno.

E vejam algumas das atrações que visitei.



Parabólica acústica. Nesse ponto é possível escutar o que é dito em voz baixa a uns 50 metros de distância, noutra antena igual.


Giroscópio humano, que dá a sensação de liberdade de movimentos semelhante à que se teria numa nave espacial.

Show de uma energia especial, que provoca cabelos arrepiados (perguntem ao prof. Wilson).


Espelhos que dão efeitos especiais. Esses creio que já conhecem dos parques de diversão.



Muda de pele de cobra.



Réplica de barco, com as diversas partes indicadas por luzes que acendem ao serem acionados os nomes correspondentes.



Mamíferos empalhados

E esta atração de português (e física) me interessou. É mostrada a diferença da posição do aparelho fonador (produtor da voz) em cada vogal. Vejam a diferença da abertura dos lábios no A, E, I, O, U.




Faltam ver uns dois andares ainda. Quando for lá novamente mostro para vocês. É o museu da PUCRGS (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul).