domingo, 19 de abril de 2015

Funções da linguagem na internet

Você já estudou as funções da linguagem:
função emotiva, através da qual você expressa seus sentimentos e pensamentos;
função conativa, através da qual você dá uma ordem ou conselho ou pergunta alguma coisa para a pessoa com quem conversa;
função referencial, através da qual você comunica informações;
função metalinguística, através da qual você fala sobre a própria comunicação (é meu caso neste site ou é o caso do autor que conta no romance como o criou);
função fática, apenas para manter o canal de comunicação, como no caso de manter uma conversação por muito tempo apenas para se comunicar - "conversa fiada; 
função poética, através da qual se trata a linguagem de forma especial (a função da linguagem predominante na obra literária).


Ocorreu-me perguntar a vocês  quais as funções da linguagem que mais usamos na internet.

Você conversa por muito tempo, apenas para manter o canal de comunicação aberto (função fática), você dá instruções a alguém (função conativa),  troca informações ou se informa(função referencial), expressa suas emoções (função emotiva), discorre sobre o código (a língua ou outro código) ou você cria arte na internet (função poética)?

Se desejar, use o formulário de comentários para responder, ou apenas pense sobre isso.

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Gêneros literários

Originou-se na Grécia antiga a classificação dos textos literários em três gêneros:

- gênero lírico - expõe sentimentos, ideias, pensamentos, anseios do eu-lírico, como em "Amor é fogo que arde sem se ver", de Camões;

- gênero épico - conta em versos uma história sobre feitos heroicos, como, por exemplo, "Os Lusíadas", de Camões;

- gênero dramático - representado por atores no palco, como "Morte e vida severina", de Ariano Suassuna.

Modernamente consideramos a existência de um quarto gênero - o gênero narrativo em prosa, com romance, conto, novela, crônica.

Nesta semana, os alunos elaboraram cartazes sobre os diversos gêneros literários. As turmas A e  C fixaram o momento em fotos dos grupos que realizaram o trabalho.




Édipo Rei - gênero dramático
                                                    Os Lusíadas e A Odisséia - gênero épico

                                                                          Poema do gênero lírico

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Páscoa




Nesta semana, comentamos, durante a aula referente ao projeto interdisciplinar,a Páscoa, sua origem e seus símbolos.
A palavra Páscoa origina-se do termo Pascae , do latim, encontrado como Paska em grego. Sua origem mais remota é do hebraico Pesach, cujo significado é passagem.
Algumas sociedades na região do Mediterrâneo comemoravam na Antiguidade a passagem do inverno para a primavera, durante o mês de março.
Para os judeus, esta data rememora a saída do povo hebreu do Egito, onde haviam sido escravizados e também a passagem  miraculosa do Mar Vermelho, até onde os egípcios os perseguiram . A história se encontra nas sagradas Escrituras, em Êxodo 12.
Para os cristãos, a data lembra a ressurreição de Jesus Cristo. A sexta-feira anterior lembra a morte de Jesus na cruz.
A Páscoa tem alguns símbolos, que são os ramos de palmeira, lembrando a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, quando as pessoas cobriram o caminho de folhas de palmeiras, o círio pascal, grande vela, decorada com as letras gregas alfa e ômega, representando a ressurreição de Cristo, o peixe, lembrando o primitivo símbolo do cristianismo, o coelhinho da Páscoa, figura que representa a fertilidade para algumas civilizações antigas. Não obstante a origem pagã, o coelhinho passou a ligar-se à Páscoa, pois se liga à esperança de uma vida nova.
A turma do 1º ano A elaborou alguns trabalhos, utilizando uma linguagem mista, de palavras e imagens, lembrando a Páscoa.





Feliz Páscoa para todos!