terça-feira, 24 de setembro de 2013

Questões de Português em concursos

Passarei a comentar durante algumas semanas questões de Português em concursos. As de hoje são as seguintes:

(TJDF - Telefonista) Na oração "Roubaram-lhe todos os tostões", o termo em negrito tem a função de

A) predicativo do sujeito

B) objeto indireto.
C) adjunto adnominal.
D) objeto direto.
E) complemento nominal.

A resposta correta é C - adjunto adnominal. Por quê? Se substituirmos a pronome lhe por dele e modificarmos a ordem dos termos, obteremos: 
Roubaram todos os tostões dele
Dessa forma, é fácil concluir que dele tem a função sintática de adjunto adnominal do substantivo tostões.


(TCU - Ag. Administrativo) Considerando o período "O personagem toma um tiro, bate as botas e nada mais acontece.", assinale a opção correta.

A) O período é composto por coordenação, mas apenas uma oração é coordenada sindética.
B) "O personagem" é o sujeito das três orações.
C) O nível de linguagem é coloquial, culto.
D) Há apenas artigos definidos exercendo a função de adjuntos adnominais.
E) As três formas verbais são de predicação transitiva direta.

A resposta correta é A. O período é realmente composto por coordenação, isto é, não há nenhuma oração principal ou subordinada. Todas as orações têm o mesmo valor sintático. A diferença entre elas é que a última oração é ligada à anterior através da conjunção coordenativa aditiva e. Quando uma oração coordenada é ligada à anterior através de conjunção, é denominada sindética. Quando não há conjunção, é denominada assindética.


(STJ - Aux. Judiciário) Com relação às orações : "É culpa das autoridades que podem e que devem fazer algo,", pode-se afirmar que o sujeito

A) da segunda oração é o pronome que.
B) da terceira oração é indeterminado.
C) da primeira oração é a expressão culpa das autoridades.
D) da segunda oração está oculto.
E) da terceira oração é a primeira oração.

A resposta correta é A. O pronome relativo que, o qual tem como antecedente o substantivo "autoridades", é o sujeito da oração "que podem" (as autoridades podem). 


terça-feira, 10 de setembro de 2013

Resultado do teste

Aqui está o resultado do teste sobre as funções do pronome se:

Ligue as colunas para classificar o pronome se nos seguintes períodos:

1 - Pronome reflexivo, objeto direto.
2 - Pronome recíproco, objeto direto.
3 - Índice de indeterminação do sujeito, sem função sintática.
4 - Pronome apassivador, sem função sintática.
5 - Pronome reflexivo, objeto indireto.
6 - Pronome expletivo, sem função sintática.
7 - Pronome integrante do verbo pronominal, sem função sintática.



( 1 ) O menino machucou-se durante a aula. 
( 3Corre-se muito nas atividades daquela academia.
( 7 ) O idoso cansa-se facilmente.
( 4 ) Vendem-se uniformes no próprio centro de treinamento.
( 3 ) Vive-se bem quando se tem tranquilidade.
( 2 ) Os amigos abraçaram-se com um sorriso no rosto.
( 4 ) Não se veem amizades como as da infância.
( 7 ) Atreveu-se a ir à secretaria para saber do amigo.
( 5 ) Ofereceu-se (a si mesmo) um presente: um uniforme novíssimo.

Observe que cansar-se e atrever-se são verbos pronominais.

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Funções do "se"

Além do pronome "que", a palavra "se" pode exercer muitas funções. Vejamos aqui as funções do "se".
O "se" pode ser um pronome reflexivo, na voz reflexiva, quando a ação do sujeito recai sobre ele próprio, como em

"Machucou-se".

Neste caso, o "se" exerce a função de objeto direto do verbo.

Com verbos transitivos diretos e indiretos, pode exercer a função de objeto indireto.

"Ele se ofereceu uma lembrança da viagem."

Neste caso, "uma lembrança da viagem" é o objeto direto e o "se", o objeto indireto.

Como pronome recíproco, quando a ação verbal é recíproca,em verbos como "abraçar-se", exerce a função de objeto direto.

"Abraçaram-se com entusiasmo."

Quando o verbo é pronominal, como em "admirar-se", o pronome é integrante do verbo e não tem função sintática.

Duas outras funções importantes são as de pronome apassivador e índice de indeterminação do sujeito. O "se" aparece como pronome apassivador (sem função sintática) quando temos uma voz passiva sintética.

"Alugam-se casas na praia." 

O período acima equivale a "São alugadas casas na praia".

Ocorre índice de indeterminação do sujeito em períodos como 

"Corre-se para adquirir condicionamento."

Neste caso, o sujeito é indeterminado e o verbo está na 3a. pessoa do singular. O verbo não deve ser também transitivo direto.

A última situação que vou listar é a do "se" como pronome expletivo ou de realce, utilizado apenas para reforçar o sentido da mensagem.

"Foi-se embora o tempo feliz da infância."

O sentido seria o mesmo se disséssemos "Foi embora o tempo feliz da infância."


Ligue as colunas para classificar o pronome "se" nos seguintes períodos:

1 - Pronome reflexivo, objeto direto.
2 - Pronome recíproco, objeto direto.
3 - Índice de indeterminação do sujeito, sem função sintática.
4 - Pronome apassivador, sem função sintática.
5 - Pronome reflexivo, objeto indireto.
6 - Pronome expletivo, sem função sintática.
7 - Pronome integrante do verbo pronominal, sem função sintática.




(   ) Corre-se muito nas atividades daquela academia.
(   ) O idoso cansa-se facilmente.
(   ) Vendem-se uniformes no próprio centro de treinamento.
(   ) Vive-se bem quando se tem tranquilidade.
(   ) Os amigos abraçaram-se com um sorriso no rosto.
(   ) Não se veem amizades como as da infância.
(   ) Atreveu-se a ir à secretaria para saber do amigo.
(   ) Ofereceu-se um presente: um uniforme novíssimo.

Apresentarei as respostas amanhã. Bom dia.

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Resultado do teste sobre funções do pronome relativo "que"


Vejam o resultado do teste da postagem anterior.

Identifique as funções sintáticas do pronome relativo nos períodos seguintes.

1- Sujeito
2 - Adjunto adverbial
3 - Objeto direto
4 - Objeto indireto
5 - Complemento nominal
6 - Predicativo

( 5 ) O bairro de que a casa ficava longe era o Laranjal.
( 2 ) Laranjal era o bairro em que se localizava o hospital.
( 4 ) Nos lugares de que me recordo não havia muito trânsito.
( 1 ) O menino que nascia na cidade preferia estudar ali até o ensino médio.
(  3  ) Muitos saíam para estudar e regressavam à cidade que amavam.
( 3 ) O fato que te contei aconteceu nessa cidade.
( 6 ) O homem de princípios que ele é hoje nasceu naquele tempo.



segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Funções do "que" pronome relativo





Nas orações subordinadas adjetivas, o que é morfologicamente um pronome relativo. Sintaticamente,neste caso, apresenta as seguintes funções:

Sujeito
O menino que se dedica aos estudos terá um futuro brilhante. 

Objeto direto
O menino que observei é um excelente estudante.
Neste caso o sujeito desinencial ou oculto é o pronome eu. A palavra que é objeto direto do verbo observei.

Objeto indireto
O menino a que me referi estuda nesta turma.
Neste caso o sujeito desinencial ou oculto é também o pronome eu. A palavra que é objeto direto do verbo referi, pois é precedido da preposição a.

Adjunto adnominal
O menino de que viste o trabalho é um excelente aluno. 
Neste caso o que é adjunto adnominal, o que pode ser melhor observado se modificarmos o período e substituirmos o que por menino.
Viste o trabalho do menino. O menino é um excelente aluno.

Complemento nominal
A cidade de que a escola é próxima é Braslândia.
Modificando o período é fácil verificar a função do que:
A escola é próxima de uma cidade. A cidade é Braslândia.

Adjunto adverbial
A cidade em que moro é Brasília.
Modificando o período: A cidade é Brasília. Moro na cidade.


Predicativo
O produto de qualidade que ele é deve-se ao cuidado do fabricante. 
Modificando: Ele é um produto de qualidade. A qualidade desse produto deve-se ao cuidado do fabricante.

Teste:

Identifique as funções sintáticas do pronome relativo nos períodos seguintes.

1- Sujeito
2 - Adjunto adverbial
3 - Objeto direto
4 - Objeto indireto
5 - Complemento nominal

(    ) O bairro de que a casa ficava longe era o Laranjal.
(    ) Laranjal era o bairro em que se localizava o hospital.
(    ) Nos lugares de que me recordo não havia muito trânsito.
(    ) O menino que nascia na cidade preferia estudar ali até o ensino médio.
(       ) Muitos saíam para estudar e regressavam à cidade que amavam.
(    ) O fato que te contei aconteceu nessa cidade.
(    ) O homem que ele é hoje nasceu naquele tempo.

Apresentarei o resultado no próximo post.